Vantagens do BRT

Atravessar rapidamente a cidade. Prioridade graças ao Bus Rapid Transit.
Desde 2008, mais de metade da população mundial vive em cidades. A ONU estima que esta percentagem atinja cerca de 70 por cento em 2050. Com a população mundial aumentando, o desejo das pessoas por mobilidade aumenta também nas efervescentes áreas metropolitanas. Apenas com meios de transporte individuais, este desafio já não poderá ser superado. Uma saída deste colapso viário chama-se BRT. 

Tempos de viagem curtos.
Faixas exclusivas, prioridade em cruzamentos e tempos de permanência curtos nas paradas permitem tempos de viagem atrativos.

Vantagens de custo em relação a outros meios de transporte com capacidade comparável.
Os custos de infraestrutura para sistemas BRT são mais baixos do que os custos para meios de transporte comparáveis sobre trilhos, que exigem frequentemente estruturas de túnel ou vias com gastos elevados. Além disso, os sistemas BRT se beneficiam de baixos custos de operação, principalmente quando as estruturas de manutenção e mão de obra experiente já estiverem disponíveis devido a infraestrutura de ônibus convencionais existentes.

Implementação rápida. 
Os sistemas BRT exigem um planejamento detalhado para encontrar a solução ideal para as respectivas condições estruturais locais. No entanto, a experiência obtida nos projetos em todo o mundo mostra que o planejamento e a realização de sistemas BRT requer significativamente menos tempo do que o necessário para sistemas de transporte comparáveis sobre trilhos.

Flexível na concepção e operação.
Os sistemas de transporte baseados em ônibus se beneficiam de uma elevada flexibilidade no que diz respeito à concepção de infraestruturas e à operação. A flexibilidade do ônibus como meio de transporte permite programas de operação com linhas que transitam da infraestrutura BRT para o trânsito urbano normal. A construção de infraestruturas dedicadas apenas é necessária onde é possível gerar vantagens, e não necessariamente ao longo de todo o trajeto.

Elevada eficiência em prol do Meio Ambiente.
Além da redução de emissões locais através do BRT, é necessário considerar também as emissões globais na avaliação da sustentabilidade ambiental de um meio de transporte. As faixas exclusiva e a prioridade dada aos veículos levam a um modo de condução equilibrado com poucas paradas e um consumo de combustível mais baixo. Além disso, devido à elevada ocupação dos ônibus BRT, as emissões de CO per capita são muito baixas. A oferta atrativa dos sistemas BRT como complemento da mobilidade urbana contribui para uma reorganização do trânsito a favor dos transportes públicos. Nos sistemas BRT são utilizados veículos modernos que cumprem as normas de emissões mais recentes. Nos mercados emergentes, os sistemas BRT assumem frequentemente uma posição pioneira em relação a novas tecnologias de propulsão ambientalmente sustentáveis e novas normas de emissões.

Vídeo