Mercedes-Benz e Marcopolo exportam ônibus rodoviários para a Bolívia

Data da publicação: 25/11/2021

  • Oito chassis do modelo O 500 RSD, com carroceria Marcopolo Paradiso New G7 1800 DD, vão operar nas frotas dos tradicionais clientes Vicente Fernandez e Família Camacho para viagens de média e longa distâncias
  • Ônibus farão a ligação das cidades de La Paz, Cochabamba e Santa Cruz
  • Chassi Mercedes-Benz apresenta diversos itens tecnológicos, reforçando os elevados padrões de segurança e conforto da marca

A Mercedes-Benz do Brasil, em parceria com a Marcopolo, exportou, neste mês, quatro unidades restantes de um pacote de oito novos ônibus rodoviários do modelo O 500 RSD 2442/30 Double Decker para a Bolívia. Os veículos contam com carroceria Paradiso New G7 1800 DD e já estão atuando em viagens de média e longa distâncias, sendo três chassis para a empresa do cliente Vicente Fernandez, um dos principais da marca, e cinco para a frota da Família Camacho, que tem grande representatividade no segmento rodoviário na região.

Os veículos foram adquiridos por meio da Ovando S.A e da Orion S.R.L, representantes locais das marcas Mercedes-Benz e Marcopolo, respectivamente, com o objetivo de circular nas rotas do país, transportando passageiros das cidades de La Paz, Cochabamba e Santa Cruz.  

“Os operadores de ônibus na Bolívia têm investido cada vez mais em produtos que reforçam padrões de conforto e segurança para os seus usuários. E nós da Mercedes-Benz, por meio da nossa consultoria, buscamos entregar a melhor solução de transporte de passageiros para a região, com as mais modernas tecnologias de segurança ativa”, afirma Jens Burger, diretor geral do centro regional Daimler América Latina. “E é exatamente isso que estamos fazendo com os nossos ônibus rodoviários na região, equipando-os com o que temos de melhor no quesito de itens tecnológicos”.

O chassi Mercedes-Benz O 500 RSD 2442, com motor eletrônico OM 457 LA, traz em sua composição o ASR (sistema de controle de tração), EBS (sistema eletrônico de freios), ESP (controle eletrônico de estabilidade), LDWS (sistema de aviso de faixa), TPMS (sistema de monitoramento da pressão e temperatura dos pneus) e Hill Holder (assistente de partida em rampa). Além disso, o veículo também apresenta caixa manual Mercedes-Benz GO 210, freio a tambor, Retarder, 14,4 metros de comprimento total, 3° eixo fixo na configuração 6x2 e rodas em alumínio.

A carroceria Paradiso New G7 1800 DD, por usa vez, apresenta 43 poltronas leito, sistema de ar-condicionado e calefação, câmeras de marcha ré com sensores para estacionamento e seis monitores fixos nos salões de passageiros superior e inferior, sendo ideais para as aplicações de turismo e viagens de média e longa distâncias.

“As tecnologias da Mercedes-Benz, sejam elas focadas na segurança dos passageiros ou no custo operacional dos ônibus para as empresas, são sempre desenvolvidas pensando nos clientes da América Latina, cujos veículos rodoviários circulam em montanhas e elevadas altitudes. Eles encontram em nossa marca o melhor custo-benefício”, conclui Jens.

Clique aqui e veja a versão do texto em Espanhol

Download do Press Release