Mercedes-Benz atinge recorde de produção de caminhões e ônibus no Brasil em 2010

Data da publicação: 04/08/2011

  • 73.700 veículos foram produzidos na fábrica da Mercedes-Benz em São Bernardo do Campo
  • Empresa também registrou recordes de produção de motores, câmbios e eixos
  • Mercedes-Benz do Brasil é a maior fabricante de caminhões e ônibus da América Latina há mais de 50 anos

Com o expressivo volume de 73.700 veículos fabricados em sua planta de São Bernardo do Campo, São Paulo, a Mercedes-Benz do Brasil alcançou, em 2010, o recorde de produção de caminhões e ônibus no País. São cerca de 47.100 caminhões e 26.600 chassis de ônibus fabricados somente no ano passado.

Mas esses resultados são ainda mais excepcionais. Instalada no Brasil desde 1956, a Mercedes-Benz é a maior fabricante de veículos comerciais da América Latina e a única a produzir, num mesmo local, tanto caminhões e ônibus, quanto os agregados, como motores, câmbios e eixos, além das cabinas, que equipam os caminhões da marca. Em 2010, um impressionante recorde foi atingido também na fabricação de agregados, composto por 93.000 motores, cerca de 60.000 câmbios e mais de 180.000 eixos produzidos.

"Esse marco histórico de produção é fruto do incremento das vendas nesse ano e representa um crescimento de 38% em relação a 2009", afirma Jürgen Ziegler, presidente da Mercedes-Benz do Brasil.

"O excelente desempenho de 2010 consolida a Mercedes-Benz do Brasil como maior fábrica da marca fora da Alemanha", diz Ziegler.

Expansão da produção para a unidade de Juiz de Fora

Com a perspectiva de altos volumes de vendas para veículos comerciais nos próximos anos e a previsão de que a planta de São Bernardo do Campo atingirá sua capacidade máxima de produção, em breve, a Mercedes-Benz do Brasil já se prepara para continuar a atender à demanda de mercado de forma plena e por isso, integrou a fábrica de Juiz de Fora, Minas Gerais, à fabricação de caminhões. A partir de 2011, as linhas Actros e Accelo passam a ser produzidas nesta unidade.