Segurança

Programa eletrônico de estabilidade (ESP)

Programa eletrônico de estabilidade (ESP)

- ABS (Sistema de Antibloqueio de Freios): evita o travamento das rodas mesmo em frenagens bruscas;
- ASR (Sistema de Controle de Tração): evita que as rodas patinem;
- BAS (Servofreio de Emergência): reconhece a velocidade de acionamento do freio e reduz à distância de frenagem, com atuação das luzes adaptativas;
- EBD (Distribuição Eletrônica de Força de Frenagem): ajusta a força de frenagem do veículo em situações críticas;
- LAC (Ccontrole de Carga Adaptativo: determina o Peso Bruto Total para controle das funções do ESP;
- ROM (Controle de Rolagem): detecta a tendência de capotamento durante manobras de baixa velocidade e alta aceleração lateral;
- RMI (Interação de Movimento de Rolagem): detecta a tend~encia de capotamento durante manobras evasivas em alta velocidade com alta aceleração lateral.

Funções adicionais do ESP Adaptativo 9i ®

- EBP (Pré-carga eletrônica de freio): sistema sensível a retirada brusca do pé do acelerador. O sistema entende esta ação como potencial risco e aproxima automaticamente, as pastilhas do disco de freio e, - em caso de acionamento do pedal do freio, o tempo de início de frenagem é reduzido em função da prévia aproximação das pastilhas e discos de freio;
- BDW (Limpeza dos discos de freio): em situações de chuva, com o limpador de para-brisas acionado em intervalos regulares promove a limpeza do filme de água que se forma sobre o disco de freio. Caso uma frenagem de emergência ocorra, a força de frenagem é imediatamente aplicada sobre os discos de freio, devido à prévia eliminação da camada de água.

Quanto mais carga, mais intervenção dos sistemas!

Luzes de circulação diurna

- Ligam-se automaticamente assim que o motor entra em funcionamento. Isso ocorre quando o interruptor das luzes estiver na opção de desligado. Para a operação com a lanterna e luz baixa, o interruptor deve primeiro ser movido para a posição de lanterna posteriormente para luz baixa. Com estas luzes ligadas, é mais fácil para que o veículo seja visto por outros usuários durante sua viagem.

Assistente de vento lateral

- Uma função que através do acionamento unilateral dos freios, ameniza o efeito de ventos laterais fazendo com que o veículo permaneça em sua trajetória sem a intervenção do motorista, o qual é informado que o sistema está ativo através de uma mensagem no painel. O sistema é ativado a partir de uma velocidade de cerca de 80 km/h, utilizando o sistema de sensores do ESP para detectar fortes rajadas de ventos laterais, as correções da trajetória são realizadas automaticamente pelo sistema, evitando assim que as rajadas de vento possam produzir um deslocamento lateral repentino do veículo. O sistema é ativado por meio de frenagem das rodas do lado que o veículo recebe a rajada do vento, reduzindo significativamente a mudança de trajetória.

Farol de neblina com assistente direcional

O farol de neblina com assistente direcional, acende automaticamente quando necessário fazer conversões. Isto ocorre com a sinalização do indicador de conversão, ângulo de direção e velocidade do veículo.

Benefícios:

- Melhor visibilidade, especialmente em condições adversas do tempo;
- Visão estendida em manobras (esquinas, rotatórias e curvas);
- Reduz risco de acidente em manobras.

Visibilidade ampliada

Maior segurança na operação!

O design com faróis dianteiros, retrovisores bipartidos, faróis de neblina posicionados próximo ao solo e para-brisa mais alto aumentam a visibilidade do veículo e proporciona condução mais segura.

Airbag e SRS: uma dupla que salva!

O airbag para o motorista é item de série e está disponível opcionalmente o airbarg ampliado, para os acompanhantes do motorista (furgão e chassi) ou para os passageiros da primeira fila de assentos (van). Além disso, o airbag funciona associado ao SRS (tensionador do cinto de segurança), de modo a evitar o travamento do cinto de segurança.

Absorção de impactos

O elevado padrão de segurança da Sprinter inclui ainda o exclusivo conceito de absorção de impactos, que transfere as forças de uma eventual colisão para a estrutura inferior do veículo, assim como o eixo dianteiro é deslocado ao solo, protegendo a região da cabina. É por isso que a Sprinter tem o habitáculo mais seguro da categoria.