Actros Mercedes-Benz é o caminhão mais preparado para o transporte de grãos na safra recorde brasileira

Data da publicação: 23/02/2017

  • Cliente Evaristo Barauna, fundador e conselheiro do Grupo Cereal: “O motor do Actros fez a nossa empresa crescer”

  • Actros ganha crescente aprovação no Centro-Oeste pela força, produtividade, robustez e resistência nas operações mix-road, em que os caminhões operam tanto na estrada quanto em vias não pavimentadas

  • Com previsão de novo recorde de produção de grãos no Brasil, o agronegócio é o setor que lidera a retomada do crescimento econômico do País, estimulando as vendas de caminhões

A eficiência, a produtividade e a rentabilidade do caminhão extrapesado Actros Mercedes-Benz para o transporte de grãos no Centro-Oeste, região que é a maior produtora do setor no País, ganharam importante reconhecimento de uma das maiores companhias de Goiás, o Grupo Cereal. “O motor do Actros fez a nossa empresa crescer”, afirma o fundador e conselheiro Evaristo Barauna. “Ficamos impressionados com a força do motor de 510 cavalos do modelo 2651, sua capacidade de carga, qualidade e robustez, o que nos levou a adquirir 15 unidades há cerca de um ano”.

Evaristo Barauna diz estar muito satisfeito com o Actros, informando que nesse quase um ano de operação constatou mais vantagens do modelo no transporte do Grupo Cereal. “Notamos uma redução de custos operacionais devido à economia no consumo de combustível e nas despesas com manutenção. Aliás, até agora, somente fizemos manutenção preventiva, porque nem houve necessidade de manutenção corretiva, o que mostra a resistência desses caminhões”.

O cliente ressalta ainda que a força do motor do Actros agradou muito os motoristas do Grupo Cereal. “Todos preferem dirigir esse extrapesado da Mercedes-Benz, que vai muito bem nos longos trechos rodoviários e nas curtas e médias distâncias das vias fora de estrada, muitas delas em condições precárias”, diz Evaristo Barauna. “No geral dessa aplicação mix-road, a velocidade média do Actros é excelente, contribuindo para a produtividade da equipe e dos veículos. E como esse caminhão tem muita tecnologia, a fábrica realizou vários treinamentos aqui na empresa, tanto teóricos, quanto na própria operação. Isso ajuda nossos motoristas a aproveitarem todos os recursos do veículo, visando melhor desempenho e condução econômica e segura. Os motoristas também elogiam muito o conforto e a ergonomia interna da cabina”.

Confiança na marca Mercedes-Benz pesou a favor do Actros

O cliente aponta ainda a confiança na marca Mercedes-Benz como fator de decisão de compra pelo Actros. “O excelente atendimento de vendas e pós-venda oferecido a nós merece reconhecimento”, afirma Evaristo Barauna. “A fábrica, o escritório regional e o concessionário Rodobens estão sempre nos trazendo informações, buscando conhecer nossas demandas e nos atendendo rapidamente quando necessitamos de peças e assistência. Aliás, houve um forte trabalho de parceria para nos ajudar na aquisição dos 15 caminhões Actros no ano passado, quando optamos pela modalidade de leasing operacional como a melhor solução para a ampliação da frota”.

Os 15 caminhões Actros 2651 fazem parte de uma frota própria do Grupo Cereal de 65 veículos, a maior parte graneleiros, além de tanque para transporte de óleo de soja gomado e silos de ração. São utilizados na interligação das áreas de produção agrícola com os dez armazéns gerais da empresa e suas unidades industriais, num raio de 200 km, quando operam em vias não pavimentadas. Também percorrem longas distâncias rodoviárias no transporte de grãos e outros produtos para os portos de Paranaguá, no Paraná, e de Santos, no litoral paulista.    

Actros também é destaque nas demais regiões do País

“O sucesso do Actros no Grupo Cereal e no transporte de grãos no Centro-Oeste mostra que estamos no caminho certo ao oferecer soluções adequadas a cada demanda dos clientes, de acordo com as características de suas operações de transporte”, afirma Roberto Leoncini, vice-presidente de Vendas, Marketing e Peças & Serviços Caminhões e Ônibus da Mercedes-Benz do Brasil. “Ou seja, o compromisso estabelecido no slogan ‘As estradas falam. A Mercedes-Benz ouve’, está sendo cumprido à risca, ganhando o reconhecimento e a confiança do mercado. E isso vem ocorrendo não somente no Centro-Oeste e no agronegócio, como em diversas outras regiões e atividades, como acontece no transporte de cargas frigorificadas, combustíveis, produtos químicos, cegonheiro e porta-container. Ou seja, o Actros é um caminhão cada vez mais preparado para a realidade do transporte desse imenso País de dimensões continentais”.

A fim de demonstrar as características e vantagens do Actros, a Mercedes-Benz tem ido aos clientes para conhecer suas operações e suas demandas, assim como tem recebido muitos deles na fábrica, além de realizar diversas ações de demonstração e test-drive nas empresas de transporte e em eventos do setor e de motoristas.

O caminhão rodoviário Actros 2651, que começou a ser comercializado no ano passado, fez uma excelente estreia no mercado. “Apesar da retração nas compras dos transportadores ligados ao agronegócio em 2016, esse modelo teve 260 unidades emplacadas”, informa Leoncini. “O resultado dos caminhões Actros contribuiu para que a Mercedes-Benz aumentasse sua participação no segmento de extrapesados, chegando a 22,9% de market share em 2016, frente a 21,5% do ano anterior. Em janeiro deste ano, esse índice já subiu para 24,2%”.

Novo recorde na produção de grãos aquece a venda de caminhões

Segundo o 5º levantamento feito pela CONAB (Companhia Nacional de Abastecimento) e divulgado neste mês de fevereiro, a produção de grãos irá bater novo recorde no Brasil, devendo chegar a 219,1 milhões de toneladas na safra 2016/2017. Isso representa 17,4% a mais sobre os 186,6 milhões de toneladas da safra anterior.

A soja continua na liderança (105,56 milhões de toneladas), seguida de milho (87,41 milhões, duas safras), arroz (11,89 milhões) e feijão (3,28 milhões, duas safras), além de outros grãos.

O Centro-Oeste é a região que mais produz grãos no Brasil, devendo colher 94,5 milhões de toneladas, o que significa um crescimento de 25% em relação à safra anterior.

O Estado de Goiás é o segundo maior produtor do Centro-Oeste, com estimativa de 20,8 milhões de toneladas (crescimento de 18,6% em relação à safra anterior), atrás do Mato Grosso, com 55,9 milhões. Goiás é também o 4º maior produtor do Brasil.

A cidade de Rio Verde, distante 220 km da capital Goiânia, é a maior produtora de grãos de Goiás, respondendo por cerca de 1,2 milhão de toneladas de soja e milho, além de outras culturas. É também um imporante centro de difusão de novas tecnologias.

“O anúncio do novo recorde de produção de grãos traz alento não só para o agronegócio, como para toda a economia do País, afinal esse segmento gera negócios para o setor e para outras cadeias de suprimento, comércio e serviços”, ressalta Ari de Carvalho, diretor de Vendas e Markeing Caminhões da Mercedes-Benz do Brasil.

De acordo com o executivo, o novo recorde de produção de 219,1 milhões de toneladas de grãos significa 32,5 milhões de toneladas a mais a serem transportadas e a movimentação desse imenso volume de produção é feita principalmente por caminhões.

“Em ocasiões como essa, o potencial para venda de caminhões extrapesados cresce muito e não é diferente no Centro-Oeste”, avalia Ari de Carvalho. “É aí que os nossos extrapesados Actros e Axor ganham destaque, porque sempre agregam novas tecnologias e melhores performances e resultados para os nossos clientes, que contam ainda com o maior portfólio de produtos e serviços de pré e de pós-venda e com o atendimento e assistência especializados dos nossos Concessionários. Nossa Rede é uma das maiores do Brasil, com presença nas principais rotas de transporte de carga e logística do território nacional. Ou seja, quem roda por esse imenso País, sempre tem um concessionário próximo para atender suas necessidades, deixando seu veículo o mais rápido possível à disposição para o trabalho, assegurando produtividade e rentabilidade”.

Actros é ideal para quem valoriza o conforto e a produtividade

Os caminhões Actros são indicados especialmente para grandes frotistas e empresas de transporte que valorizam e reconhecem a importância do conforto e da segurança como aliados no aumento da produtividade no transporte. Os cavalos mecânicos Actros 2546 6x2 e 2646 6x4, para transporte rodoviário de carga, são equipados com motor de 460 cv de potência. A eles junta-se o Actros 2651 6x4 com 510 cv.

Indicados para o transporte rodoviário de longas distâncias, os cavalos-mecânicos Actros permitem a utilização de diversos semirreboques (48,5 a 53 toneladas de PBTC), como graneleiros, carga seca aberta, furgão, sider, tanques de líquidos e gases, porta-conteiner e outros. Também são utilizados para tracionar muticomposições, como bitrem (57 toneladas) e bitrenzão/rodotrem (74 toneladas).

Um grande diferencial do Actros no mercado brasileiro é a capacidade do seu tanque de combustível, que pode chegar a 1.080 litros. Esta é a maior capacidade do mercado no segmento 6x4, oferecendo muito mais autonomia e evitando paradas indesejadas ao motorista. Em longos trajetos, o caminhão chega antes que seus concorrentes, pois não precisa parar para abastecer, proporcionando mais segurança, produtividade e rentabilidade ao cliente.

O motor Mercedes-Benz OM 460 LA do Actros, de 13 litros e 6 cilindros em linha, é até 5% mais econômico, reduzindo os custos operacionais. Essa vantagem é potencializada pelos maiores intervalos de manutenção, o que traz mais ganhos para os clientes.

Clientes contam com um abrangente portfólio de produtos e serviços

Por meio da Rede de Concessionários, os clientes têm acesso ao mais abrangente portfólio de produtos e serviços de pré e de pós-venda. Assim, encontra tudo o que precisa dentro da própria marca. A Mercedes-Benz, por exemplo, facilita a aquisição de veículos e a renovação da frota por meio dos financiamentos oferecidos pelo Banco Mercedes-Benz e pelo Consórcio Mercedes-Benz. E se o cliente quiser utilizar um veículo de sua frota na negociação, pode escolher a alternativa da SelecTrucks, a unidade de seminovos da Empresa.

A fim de assegurar maior disponibilidade do caminhão para a atividade de transporte, a Mercedes-Benz vai mais além. Por meio dos concessionários, oferece aos clientes planos de manutenção com atendimento em âmbito nacional, lançando quatro novos planos a partir de 2017. O portfólio da marca inclui ainda três linhas de peças de reposição (genuínas, remanufaturadas, peças e acessórios Alliance Truck Parts) e diversos outros produtos e serviços dedicados aos clientes, com o sistema de gestão de frota e rastreamento FleetBoard.

Sobre o Grupo Cereal

Fundado em 1981, na cidade de Rio Verde, no sudoeste de Goiás, o Grupo Cereal é uma empresa de capital nacional muito bem colocada em tradicionais rankings da Revista Exame. Ela é a 10ª melhor empresa do ramo de óleos, farinhas e conservas de todo o Brasil. É também a 28ª maior do agronegócio das regiões Centro-Oeste, Norte e Nordeste; a 44ª maior empresa do Centro-Oeste e a 189ª maior empresa do agronegócio brasileiro.

Com mais de 400 colaboradores, conta com duas unidades industriais de esmagamento de soja (capacidade total de 3 mil toneladas por dia), além de uma fábrica de rações para bovinos, equinos, suínos e aves (350 toneladas por dia), um complexo para produção de soja desativada (220 toneladas por dia), além de fazendas produtoras de grãos e pecuária.

O Grupo Cereal utiliza 10 armazéns gerais em Goiás, sendo 7 próprios, com capacidade total de 261 mil toneladas e localização estratégica junto às áreas de produção. A empresa responde por 4% da produção de soja do estado e por 1% da produção de milho.

Entre as commodities produzidas pelo Grupo Cereal destacam-se o farelo de soja para rações na pecuária e na criação doméstica de animais, óleo degomado para uso industrial (biodiesel, óleo de cozinha, indústria de comésticos e outros) e soja desativada para produção de soja integral, produto de alto valor energético de ampla utilização no mercado.

Para downloads dos vídeos, clique aqui:

Vídeo 1  – Caminhões Actros em operação no Agronegócio

Vídeo 2 – Depoimentos de Roberto Leoncini, vice-presidente da Mercedes-Benz, e Adriano Barauna, presidente do Grupo Cereal

 

 

Download do Press Release