Novos modelos e expansão da rede de concessionários impulsionam crescimento da Mercedes-Benz no Brasil

• Lançamentos importantes aumentaram as vendas em 45%, comparando setembro deste ano com o mesmo mês de 2013

• Novidades do Salão do Automóvel reforçam a fase de expansão da Mercedes-Benz no segmento premium no País

• Ampliação da rede prepara a marca para conquistar novos mercados

• Novo programa de revisão declarada antecipa custos de manutenção para os clientes

Para a Mercedes-Benz do Brasil, o Salão Internacional do Automóvel de São Paulo de 2014 celebra uma fase de crescimento importante para a marca. Lançamentos marcantes como CLA e GLA, além da versão totalmente nova do sedã Classe C, campeão mundial de vendas foram os destaques este ano. 

A marca tem registrado os melhores resultados de sua história este ano, batendo recordes de vendas. No último mês, a Mercedes-Benz do Brasil chegou a 963 unidades emplacadas, um aumento de 45% em relação ao mesmo mês do ano anterior. De janeiro a outubro de 2014, foram vendidas 8.614 unidades (dados até 23 de outubro), o que representa aumento efetivo de 18% no número de emplacamentos da marca no segmento, se comparado aos 7.284 veículos vendidos no mesmo período de 2013. 

Outra evolução importante ao longo do ano ocorreu com a AMG, marca de alta performance da Mercedes-Benz, cujas vendas no país aumentaram de forma considerável. Foram, ao todo, 314 unidades emplacadas até a primeira quinzena de outubro, em comparação aos 269 emplacamentos registrados no fechamento do ano de 2013. Isso levou à expansão do número de AMG Performance Centers, concessionários treinados especificamente para atender ao exigente público AMG, de 8 para 11 em todo o País. Concentrados até 2012 no eixo Rio/São Paulo, os novos centros especializados foram agora estrategicamente alocados em Brasília, Minas Gerais e Ceará, locais onde há grande expansão desse mercado.  

A rede de concessionários de automóveis também passa por um momento de franca expansão. Em dois anos, passou de 32 para 47 estabelecimentos até o final de 2014, com previsão de abertura de muitos mais até o próximo ano. A expansão da rede, além de proporcionar melhor atendimento aos clientes, também reflete a preparação da marca para o aumento da presença no mercado com o início das operações da planta de Iracemápolis, no interior do estado de São Paulo, cujas obras estão em fase inicial. A nova fábrica de automóveis irá produzir no País o sedã Classe C e o SUV GLA a partir de 2016. 

“O ano de 2014 representa um crescimento muito grande para a marca. Além da expansão da rede de concessionários, até o fim do ano, completaremos 17 lançamentos para o mercado nacional. Com isso, nossa expectativa é superar 11 mil unidades emplacadas até dezembro”, afirma Dimitris Psillakis, diretor geral Automóveis da Mercedes-Benz do Brasil. 

Programa de revisão declarada e CDC Flexibility

Com o objetivo de antecipar o custo de manutenção dos veículos da marca para os clientes e, com isso, fidelizá-los nas oficinas credenciadas, a Mercedes-Benz do Brasil lançou no último mês de agosto um programa de revisão declarada para os modelos de entrada da marca. 

O programa, que estabelece preço fixo nas revisões, já está em vigor em toda a rede de concessionários do Brasil e engloba os modelos Classe A, Classe B e CLA, além dos recém-lançados Classe C e GLA. Outra novidade para esses modelos é o programa CDC Flexibility, do Banco Mercedes-Benz. Trata-se de um plano de financiamento flexível, com entrada reduzida, prestações menores do que um plano convencional e garantia de compra do veículo pelo Concessionário Mercedes-Benz ao final do contrato.


> Download do Press Release
> Download do Press Release em Espanhol
> Download do Press Release em Inglês